História

por Interlegis — última modificação 05/05/2015 16h15

Em 21 de junho de 1958, através da Lei nº 348, foi criado o Município de Rio das Antas, desmembrado do Município de Caçador e abrangendo parte do território de Videira. O município porém, foi instalado definitivamente no dia 27 de julho de 1958 em ato solene, tendo como seu prefeito provisório o Sr. Luiz Bini, que em 31 de janeiro de 1959 transmitiu o cargo ao Sr. Avelino Antonio Sella, primeiro prefeito eleito do município, o qual governou até 31 de janeiro de 1963.

A primeira Câmara de Vereadores legislou de 31 de janeiro de 1959 até 31 de janeiro de 1963 e foi composta pelos senhores: Alino Garipe, Almiro Chaves, Carlos Gaertner Sobrinho, Francisco J. Seidel, Jovelino Jacomo Bonet, Olimpio F. Mozena, Tadeu Iantas. O primeiro presidente do legislativo rio antense foi o Sr. Almiro Chaves. Inicialmente o plenário da casa legislativa ficava anexo ao prédio do poder executivo municipal.

A partir de 23 de julho de 1996 o Poder Legislativo de Rio das Antas, passou a realizar seus encontros parlamentares em local próprio. Por ter sido o primeiro presidente da câmara de vereadores de Rio das Antas, o Sr. Almiro Chaves foi homenageado através do Projeto de Lei do Legislativo nº 01/2014 de 22 de abril de 2014, e denomina o plenário da atual casa de leis do município. Inicialmente eram sete vereadores que compunham a casa de leis municipal, atualmente porém, o número é de nove legisladores.